• home
  • sobre
  • contato
  • favoritos
  • 101 em 1001
  • 21 de abril de 2016

    Como é a faculdade de Cinema? - Com Sophia Lautert


    Olá, gente! Tudo bem com vocês? Espero que sim. Vocês devem saber que eu me formei no ensino médio, no ano passado, e desde então, ainda não sei o que fazer da faculdade. Sei que é uma decisão bem difícil e às vezes meio assustadora. Então, resolvi abrir uma nova categoria aqui no blog sobre faculdade, onde eu vou entrevistar algumas meninas, sobre tal curso na faculdade. E isso tudo, é pra ajudar todos vocês, que assim como eu, não sabem o que querem. E é claro, pra quem tem alguma curiosidade sobre o curso também.

    E a primeira entrevistada, é a Sophia Lautert, do blog Esquisitices de Sophie, que eu amo e que está nos meus favoritos. A Sophia foi muito querida comigo. Pra quem não sabe, ela faz Cinema e está no terceiro semestre, e como a faculdade só tem 5 semestres, ela já está quase formada, ahahah. Fiquem de olho aí na entrevista:

     Por que você decidiu cursar Cinema? Você sempre teve certeza da sua escolha?

     Antes de descobrir o mundo mágico do audiovisual - o que aconteceu por 2009 // 2010 - eu jurava que faria moda no futuro, mas quando comecei a produzir vídeos para o youtube ( no inicio eu fazia clipes com minhas amigas haha ) percebi que era aquilo que eu realmente queria. Na época eu não fazia ideia de que existia uma faculdade de Cinema e minha única certeza era de que eu queria trabalhar com vídeo, então eu pensava em cursar Publicidade e Propaganda. Lembro que eu até fazia mapas mentais do caminho que eu tinha que percorrer para chegar ao cinema através da publicidade em algum momento da minha vida. Em 2012 eu descobri que existia sim um curso de Cinema e fiquei completamente encantada. Então era aquilo. Um ano depois eu fiz uma visita com o colégio a minha atual faculdade e foi aí que tive 100% certeza da minha escolha ( inclusive super recomendo fazer isso ) !

     Como você se preparou para o vestibular?

    No meu terceiro ano do Ensino Médio meu colégio implantou um sistema de revisão para o vestibular todas as segundas-feiras de tarde. Como eu sabia que meu curso não era muito concorrido ( até onde eu lembre era 1 pessoa e meia por vaga ) não teve stress com cursinho e acabei estudando só com a ajuda dessas aulas na escola e estudando muito sozinha em casa. Dica: o youtube é seu melhor amigo quando se estuda sozinha <3 Outra dica é fazer várias provas antigas do vestibular que você está prestando! Aí você conhece o estilo de prova que eles fazem e no dia é bem mais tranquilo e sem muitas surpresas. 

     Qual foi a sua impressão no primeiro dia de aula? E como foi?

    Foi maravilhoso! Eu não lembro de todos os detalhes, mas sei que gostei muito porque lembro de twittar a respeito haha. Na primeira semana nossos professores só falaram sobre o cronograma do semestre. Lembro que no dia que começou eu tinha cadeira de História da Arte e Montagem - duas das minhas favoritas por sinal - e que meu professor de montagem disse que teríamos uma aula só para analisar os filmes do Oscar e discutir sobre o porquê deles estarem concorrendo a melhor edição. Achei isso incrível e demorei para acreditar haha. Foi muito mágico! 


     Em sua opinião, quais as principais características que uma pessoa deve ter para cursar Cinema?

    Esquece criatividade. Esquece talento. Na faculdade de Cinema tu  p r e c i s a saber trabalhar em grupo. Além de ser um aluno interessado, essa é uma das características mais importantes. Acho que todos os cursos em geral são assim, mas no audiovisual rola uma competição muito grande entre alguns alunos. Como temos que trabalhar muito em grupo - principalmente durante os  curtas - sempre tem aquele que se acha o mais talentoso, o mais criativo, o Godard universitário etc etc e o resultado final dos projetos acaba sendo prejudicado por causa disso. O estudante de cinema precisa saber ouvir os outros colegas, afinal faculdade é ambiente de aprendizado. Eu estava lendo um livro recentemente ( Roube como um artista, super recomendo! ) em que tinha uma passagem que dizia “Se uma vez você perceber que é a pessoa mais talentosa da sala, está na hora de achar outro lugar para você” e acho que é bem por aí mesmo. Ele precisa ter muito amor pelo que está fazendo e ser dedicado, até porque - por incrível que pareça - na faculdade de cinema tem que estudar também!

     Como é o curso, em geral? (matérias, trabalhos, etc.).

    É um curso com muita pouca prova! Como o meu curso é técnico tudo acaba sendo mais prático, mas creio que isso pode variar conforme a universidade. Fazemos muitos trabalhos durante o semestre, para ter uma ideia esse semestre vou ter sete trabalhos e somente duas provas em uma das cadeiras ( e seis desses trabalhos são em grupos grandes! ). Já fizemos trabalho com um clipe do Maroon 5 substituindo a música por efeitos sonoros, já entrevistamos profissionais da área, gravamos um videoclipe…são trabalhos bem variados! Também temos uma cadeira de Laboratório onde na teoria “colocamos tudo que aprendemos nas outras cadeiras em prática”. É lá que produzidos curtas-metragens ao longo dos semestres ( e um documentário no segundo ). No final do semestre sempre tem uma sessão comentada com os filmes dos alunos.

     Você  sabe pra qual área pretende seguir?

    Eu entrei no curso achando que sabia ( no caso queria trabalhar com Direção de Arte ), então ao longo dos semestres fui me conhecendo melhor, conhecendo melhor as áreas e fui mudando. Hoje em dia eu tenho muito interesse em juntar a Moda ( minha outra paixão que cresceu muito no último ano ) com o amor pelo Cinema e trabalhar fazendo Fashion Films.

     Tem algum conselho pra quem pensa em fazer Cinema? 

    Eu acho que ela precisa pesquisar bastante. Visitar a faculdade é uma ótima ideia ( e me ajudou muito )! É importante lembrar que para trabalhar no meio audiovisual não é necessariamente exigido um certificado de graduação, ou seja, tu não precisa ser formado em cinema para trabalhar com cinema. Tem que analisar os prós e contras e pensar se aquilo é mesmo o melhor para você. A faculdade te acrescenta muito e te dá referencias nas quais talvez você nunca chegaria sozinho. Outro ponto bom é que lá tu vai conhecer pessoas do meio ( tipo seus professores !! ) e formar contatos que podem te ajudar muito no futuro. 

    E é isso! É uma entrevista bem curtinha, mas que já da pra ter alguma noção, né? Espero que tenham gostado e agradeço muito pela Sophia ter topado essa entrevista. Quem quiser saber um pouquinho mais sobre ela, aqui estão as suas redes sociais: Blog | Instagram | Youtube

    E aí, gostaram? Qual o próximo curso que vocês querem ver aqui? Vocês já sabem o que querem? Me contem, quero saber mais um pouquinho.

    Beijos! 

    14 de abril de 2016

    Sonho realizado: Eu conheci as Cimorelli


    Sim, eu sei que eu sumi. Confesso que não consegui me organizar direito, a preguiça tomou conta e eu tive alguns trabalhos e provas para o curso. E a minha autoestima está pior que montanha russa, mas eu venho tentando melhorar isso. Mas enfim. Só queria deixar claro isso, agora, pra alegria de poucos e tristeza de muitos, estou de volta (brincadeira). 

    Quem se lembra do post que eu fiz uma vez aqui das Cimorelli? (aqui). Eu estava indicando elas aqui no blog, falando um pouco sobre a música delas e a história. E elas vieram fazer shows aqui no Brasil, no início de Abril e advinha quem foi? Isso mesmo, euzinha. 

    Eu já tinha comprado o ingresso em fevereiro e estava contando os dias. Lembro que não tinha compartilhado com muita gente, sou dessas que pensa que felicidade sem plateia dura mais. Quem é assim também? 



    O show foi incrivelmente incrível. A mensagem e a paz que elas transmitem é algo surreal. Sempre priorizando o amor próprio. Que todos nós somos mais do que os nossos erros e que valemos a pena. Lembro que elas sempre interagiam com o público, fora que arrasaram na dança. Elas também cantaram Sorry e Skyscraper, que arraso. Sem contar que o irmão delas, o Mike, também veio junto e antes mesmo do show, ele ficou conversando com a gente (na verdade, tentando). Tiramos foto com ele, batemos papo e ele ainda postou a foto no Twitter (olha aqui e aqui). 

    O meet era primeiro que o show, então, a gente saia dali e já ia direto pra perto do palco. A primeira que eu abracei foi a Lisa (a fav), eu vi ela e não acreditei. Saiu uma lágrima. Eu a abracei e disse que a amava. E ela sorriu lindamente. Tiramos a selfie. Logo após foi a Amy. Disse o mesmo pra ela. Lembro que ela não conseguiu tirar foto, apertou no lugar errado, mas logo depois, conseguimos. Em seguida, foi a Dani. Ela estava evitando falar tanto assim, por conta da voz, e estava bem cansada, mas não deixou de ser querida. Logo após foi a Christina. Ela também estava cansada, eu falei que a amava e ela disse o mesmo (eu acho, ou foi "nice to meet you", eu estava nervosa ahahahha). Depois foi a Lauren, que é a coisa mais meiga desse mundo. Ela perguntou o meu nome e eu falei, ela não entendeu, então, falei novamente. Deu pra ver que ela não entendeu muito bem, até gravei um vídeo dela falando o meu nome (GENTE A COISA MAIS FOFA). Disse que a amava e tiramos a nossa selfie. E por último, foi a Katherine, que é a coisa mais simpática desse mundo. Ela também perguntou o meu nome e também não entendeu, daí eu falei de novo e ela disse pra eu soletrar. Eu soletrei, mas não lembrava como era o "N" (GENTE KKKKKKKKKK), daí mostrei pra ela com sinais mesmo e ela entendeu, daí quando eu estava falando a última letra ela falou "Amanda?" e eu "YEEEEEEES" (na verdade eu quase gritei). Daí, falei que a amava e tiramos a nossa selfie. Logo após, ganhei o pôster delas. E detalhe, nesse pôster, tem o nome de todas as pessoas que compraram o meet (acho que só pelo site Queremos! mesmo) e o meu estava lá. 


    Bom, eu tentei contar um pouquinho de como foi, ficou um tanto quanto confuso, mas acho que deu pra entender. É muito louco isso de conhecer pessoas que você admira e gosta muito. Parece que foi ontem que eu estava compartilhando sobre elas aqui. Quem acompanha o blog há um tempinho, deve ter visto já o post e agora, que eu estou compartilhando esse sonho, deve estar sentindo um pouquinho do que eu estou sentindo! Ah, sem contar que eu conheci umas meninas bem legais no show, muito gente boa. (o show foi dia 06/04/2016). 

    Nunca desistam dos seus sonhos! É clichê, mas é a verdade. Corram atrás deles, é sério. Depois desse post, sei que tem gente que pode pensar que foi algo fácil, mas não é bem assim. Enfim. Espero que tenham gostado.  

    * Algumas das fotos foram tiradas por mim e outras, pelas meninas do grupo.
    © Quebrar o Silêncio - 2016 | Todos os direitos reservados.
    Desenvolvimento por: Fairy Dream Design | Tecnologia do Blogger.
    imagem-logo