• home
  • sobre
  • contato
  • favoritos
  • 101 em 1001
  • 17 de junho de 2017

    Sobre reviver um sonho


    Sobre realizar um sonho novamente: é indescritível. Quem acompanha e me conhece já sabe que em 2014 eu conheci pessoalmente o Eduardo Sterblitch, pra quem não conhece, é o cara que fazia o Poderoso Castiga, o César Polvilho, O Melhor do Mundo, o Freddy Mercury Prateado e entre outros. 

    A primeira vez que conheci ele pessoalmente foi há cerca de três anos atrás, lembro que ele tava com uma peça em cartaz e veio pra minha cidade, não ia conseguir ir, porque era o aniversário de quinze anos da minha prima. Só que eu consegui ir no aeroporto pra ver ele. Pra ler o post que eu fiz na época, é só clicar aqui. Eu era bem doidinha, chorei e tudo. Drama é comigo mesmo, né mores.

    Eu fiquei sabendo que ele ia vir pra cá no mês passado e já corri pra saber de todas as informações possíveis. Era em um sábado e um domingo. Eu fui no sábado, ia ir com mais umas amigas, todas as fãs gaúchinhas juntas, mas no fim foi só eu e uma outra fã, com os pais dela. A companhia dela valeu super a pena! É sempre bom compartilhar esse tipo de sonho com alguém que entende isso, né?

    Eu sei que eu sou suspeita a falar, mas vamos lá. A peça se chama "Eduardo Sterblitch Não Tem Um Talk Show" e como o nome já diz, é exatamente isso. É como se fosse um Talk Show e ele interage muito com o público. Chama as pessoas pra ir pro palco, faz perguntas pra quem ele quer e tem a companhia de mais três pessoas, que também animam tudo.


    É uma peça muito divertida e sempre tem uma surpresa. E não, ele não está lá como mais um personagem do Pânico, afinal, ele não faz mais parte. É claro que ele dá uma palinha, mas não esperem tanto assim. E eu achei isso muito melhor. Como ele mesmo disse, ele é um artista e tem muito talento, as vezes é preciso deixar as coisas que te marcaram de lado pra viver novos desafios, entende? Por acompanhar ele tanto tempo, fico muito feliz de todo esse amadurecimento, tanto pessoal como profissional. 

    Depois que a peça terminou, nós esperamos pra dar um abraço nele e tirar as fotos. A fila já tava meio grande, mas estávamos na metade. Ainda aproveitamos e tiramos foto com o Rafa Queiroga, que também faz parte, um fofo. Esperamos cerca de 30 minutos e depois o cara que tava lá, disse que a foto a fotografa que ia tirar, eu fiquei meio chateada mas pensei pelo lado bom: a qualidade vai ser bem melhor

    Como eu disse antes, eu estava com mais uma menina, era a primeira vez que ela ia ver ele então ela foi primeiro. Foi lindo de se ver. Fiquei muito feliz e ele foi tão querido. Ela pediu pra tirar selfie e ele tirou (no fim, tava todo mundo tirando foto do celular também). Eles se abraçaram várias vezes até que chegou a minha vez.


    Eu já tava toda boba, sorrindo de orelha a orelha. Eu olhei pra ele e fui direto pro abraço. Eu disse que da primeira vez que eu vi ele eu chorei muito, daí ele brincou dizendo: "ah, mas agora já amadureceu né", todo palhaço, tinham que ver. Eu abracei e tiramos a foto. E eu falei que eu tinha uma coisa pra mostrar pra ele, que era o meu caderno que eu tenho com a fotinho dele (sim!!!!), ele viu e deu um sorriso. Ainda disse: "nossa, a minha mãe ia amar isso cara" e ainda abriu o meu caderno pra tirar foto e deu um sorrisão, todo feliz. Se eu morri ali? Talvez. Perdi a conta de quantas vezes abracei ele e no final, a menina que tava comigo perguntou se nós duas podíamos tirar foto juntas e ele disse: "é claro" e já foi sorrindo pra foto. 

    Vocês lembram desse post aqui em que eu mostro os meus cadernos personalizados? Então, eu levei pra mostrar pra ele. Eu fiz esse caderno em 2015 e nunca passou pela minha cabeça que ele fosse ver. Faço esses meus cadernos porque são pessoas que me inspiram de alguma forma. Fico muito feliz de ter mostrado pra ele! 💖

    Mais um desses meus encontrinhos que eu vou guardar pra sempre no meu coração. Eu sei que tem gente que não entende essa coisa de ser , é uma coisa meio louca, mas é muito recompensador. Da primeira vez eu só consegui ir no aeroporto, mas consegui abraçar ele. Da segunda vez consegui ir na peça, abraçar ele, bater um papo e ainda mostrei o meu caderno. Sério, se você pode realizar uma vez, pode realizar várias vezes! Então, não desiste não.
    Eu fico muito feliz de compartilhar esses sonhos por aqui! E gente, vou ficar um pouco ausente por aqui, minha rotina vai ficar bem pesada durante um mês, mas depois conto tudo pra vocês. Sempre estarei de olho nos comentários, viu?

    Ah, se a peça passar pela tua cidade eu só te digo uma coisa: . É risada na certa, sem sombra de dúvidas.
    Quem vocês sonham em conhecer? Me contem, quero saber.
    Beijos! 

    8 comentários:

    1. Aí que legal, tem tanta gente que eu queria conhecer menina rsss Nicholas Sparks, Carina Rissi e Julia Quinn só isso rssss

      ResponderExcluir
    2. Ai Mands, eu fico toda boba lendo essas coisas de fã. Pra começar que amor de fã, pelo menos na minha opinião, é um dos mais puros porque a gente ama alguém simplesmente pela pessoa existir e ser quem é, sabe? Então realizar um sonho desses é a coisa mais maravilhosa! Eu lembro bem do seu post da primeira vez que conheceu o Eduardo e fico mega feliz que tu tenha realizado esse sonho mais uma vez, ele parece ser um amorzinho e super gentil. E ainda não conhecia a peça, maaas se um dia puder vou dar uma conferida sim <3
      Um beijão,
      Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

      ResponderExcluir
    3. Olá tudo bem?
      Obrigada pela visita.
      Gostei do post muito bacana vc realizar esse sonho, teatro é sempre legal né.
      quase não vou, mas queria ir.Os livros tive q parar de ler por causa das provas da faculdade, mas assim que terminar faço a resenha, vai demorar mais vai sair.
      Beijos!!!
      http://bemcandy.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    4. Realizar um sonho é muito importante e nos faz feliz. Dá uma sensação gostosa.
      Amei poder saber um pouquinho mais de ti e conhecer seu blog.
      Beijocas.

      www.meumundosecreto.com.br

      ResponderExcluir
    5. Ahhh que show que tu foi ver ele! Eu amavaaa ele na época do Pânico, sério, melhor ator <3 Mas com o tempo parei de acompanhar e esqueci total até de procurar ele nas redes sociais. Vale super a pena ir atrás desse pessoal que a gente curte, né? Ele é superrr simpático, imagino que tenha ficado todo bobo mesmo com o caderno que tu mostrou! Admiro muito o trabalho dele ^_^

      Agora sobre a Flavia Calina: não sabia (ou não lembrava!) que tu curtia ela! Foi muitooo legal ir no evento, na próxima vez vamos juntas sim :D No fim fiquei tipo 80% do tempo lá sozinha. Mas repito: vale muitooo a pena esperar pra ver quem a gente gosta. Dá estímulo pro ator/escritor/pessoasnogeral que estamos atrás, e a gente também fica feliz :D

      Beijosss
      http://tipsnconfessions.blogspot.com

      ResponderExcluir
    6. Parece ter sido muito divertido!

      Beijinhos,
      Inês
      http://www.indiglitz.pt

      ResponderExcluir
    7. Que fotos lindas e que abraço mais cheio de amor <3
      Amei o post, é maravilhoso conhecer pessoalmente alguém que você admira muito! A sensação é indescritível e melhor ainda quando se tem alguém bacana que entende esse sentimento pra acompanhar junto com você né?
      Eu já conheci algumas bandas que eu amo muito e foi só alegria, ainda tem muitaaas bandas que quero conhecer pessoalmente. Mas é sonho realizado!
      Ah, muito obrigada pelo desejo de parabéns e pelas palavras, mesmo! ♥

      http://heyimwiththeband.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    8. Tão lindo! :)
      Um beijinho,
      http://myheartaintabrain.blogspot.pt/

      ResponderExcluir

    © Quebrar o Silêncio - 2016 | Todos os direitos reservados.
    Desenvolvimento por: Fairy Dream Design | Tecnologia do Blogger.
    imagem-logo