• home
  • sobre
  • contato
  • favoritos
  • 101 em 1001
  • 22 de outubro de 2017

    EXPRESSÕES PRECONCEITUOSAS PARA DEIXAR DE USAR

    Foto: Pinterest. 
    Oi, gente! Como vocês estão? Espero que todos bem. Eu vou bem, obrigada. Esse mês tá passando muito rápido, ainda mais agora com esse horário de verão. Na verdade, eu nem vejo muita diferença, daqui uns tempos já volta tudo ao normal mesmo. Bom, hoje resolvi trazer um post que tava um tempinho já nos rascunhos e só agora resolvi compartilhar.

    Muitas vezes eu escuto uns comentários desnecessários e entra por um ouvido e sai pelo outro, tem gente que não merece nem um pingo da nossa atenção e que é mente fechada, então nem me abalo. Só que tem alguns casos que fica bem difícil e hoje resolvi compartilhar com vocês quatro das diversas expressões preconceituosas que a gente escuta por aí. Vem ver:


    Muitas pessoas chamam as manas de: vadia, vagabunda, piranha, vaca e assim vai. Uma das razões é por elas serem quem elas realmente são. Elas beijarem quem elas querem, saírem com quem elas bem entenderem ou usarem aquela sai curta porque elas sentem vontade. E meu, a amiguinha do teu namorado não é vadia coisa nenhuma! Ou se o teu namorado te traiu com uma mulher, ela não é vadia coisa nenhuma e tu não tem que ir lá fazer textão tentando humilhar ela (quando vê ela nem sabia que ele era teu namorado). Nós somos oprimidas todos os dias pela sociedade, então por que vamos fazer isso umas com as outras? Não somos rivais, somos irmãs
    Normalmente as pessoas usam essa expressão quando alguém come muita besteira ou que parece que está fazendo algo errado, querendo dizer que é "coisa de gordo", sendo que associar aqueles fast foods a gordas é só mais uma expressão muito preconceituosa. Ser gorda não significa que você tem uma alimentação ruim, assim como chamar a mana de gorda não é uma ofensa, viu? Precisamos desconstruir isso tudo. Eu não posso dizer isso por mim, mas acredito que deve ser bem desconfortável e aqui tem mais algumas expressões gordofóbicas que precisamos desconstruir. Gordice é mais uma expressão de muito mal gosto!
    Só quem já ouviu esse tipo de comentário sabe o quão desconfortável é. A gente "aprendeu" que só quem tem cabelo liso é que é bom e bonito. E quem tem um cabelo diferente, seja por conta do volume, é feio. Mas eu fico muito feliz de ver que isso tá mudando. Saiu uma notícia de que as buscas por cabelos cacheados superam as dos lisos, olha só que máximo. Só que infelizmente, ainda tem uma galera que insiste em fazer esse tipo de comentário. Precisamos alertar elas, não existe cabelo ruim e não é legal falar isso pra ninguém, isso pode destruir a autoestima de alguém, inclusive, até falei sobre a minha aceitação por aqui.
    Ok. Vamos por parte. Primeiro, eu indico vocês assistirem esse vídeo da maravilhosa da Nátaly Neri pra entender melhor. Assim como ela, sou negra da pele clara e muitas vezes já me chamaram de mulata, da cor do pecado e/ou moreninha, como se tivessem medo de falar que eu sou negra. Só esse ano que fui me dar conta no problema que está em chamar alguém de mulata. Pra quem não sabe, mulata vem de mula, que se dá do cruzamento do jumento com o cavalo e além de que foi um termo usado pra classificar as pessoas negras de pele clara, que eram frutos dos estupros das mulheres escravizadas pelos senhores, no período colonial. Esse é um termo usado pra embranquecer alguém e hoje em dia é um termo muito racista.


    E é isso, minha gente. Eu sei que existem muitas expressões preconceituosas que escutamos no dia-a-dia e o preconceito está nos pequenos detalhes, então se você lembrou de alguma comenta aqui em baixo e se achou que eu tô exagerando comenta também. Pensando seriamente em fazer uma segunda parte.

    O que acharam? Vocês escutam muitas dessas expressões? Me contem, quero saber.

    Beijos! 

    48 comentários:

    1. Nossa, arrasou! A gente tem que se policiar muito pra não ajudar a propagar o que essas expressões realmente significam. Uma vez no cinema um cara soltou a frase "não sou suas nega" e uma menina gritou muito puta lá de cima "OLHA A EXPRESSÃO RACISTA,COLEGA!". Eu só não aplaudi a fala dela porque era cinema mesmo.
      Outras que são péssimas são "homem da relação", "fulana é muito machão e coisas assim para expressar mulheres fortes. Já discuti muito com algumas amigas por causa disso é agora só falamos que a fulana é MUITO FÊMEA *-*

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Exatamente, Luly! Nossa, que bom saber que ela falou isso e mereceu palmas mesmo, mas como era no cinema a gente deixa passar, hahaha. Também acho essas expressões super preconceituosas!

        Beijos!

        Excluir
    2. Desses, o único que eu já falei é gordice mas depois que percebi o quão feio é eu parei. O ruim é que ás vezes a gente nem percebe que está sendo preconceituoso, mas pode ferir muitas pessoas :/
      Beijo!

      Sorriso Espontâneo

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu também já falei, Bê! E é bem isso, tem vezes que a gente nem percebe e tá sendo super preconceituoso :/

        Beijos!

        Excluir
    3. Obrigado minha querida :)

      sou completamente da mesma opinião que tu. há palavras que, por muito que nos pareçam "normais", acabam por ferir as pessoas. já passei bem por isso :/

      NEW FASHION POST | FALL/WINTER: THE STATEMENT PIECES THAT YOU MUST HAVE :o
      InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D


      Please, VOTE FOR ME

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que bom saber isso, Miguel! As palavras machucam muito mesmo.

        Beijos!

        Excluir
    4. Nunca tinha ouvido falar em cabelo bombril :o

      https://filipa-goncalves.blogspot.pt

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. É? Eu já escutei muitas vezes, Filipa! :/

        Beijos!

        Excluir
    5. Post incrível! Acredito que é importante destacar esse tema. Beijos
      www.achatadebatom.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Fico feliz que tenha gostado, Cris! Obrigada. =)

        Beijos!

        Excluir
    6. Pra falar a verdade eu ouço muito essas expressões, eu acho que as pessoas deveriam para de falar essas coisas e pensar melhor no que estão fazendo, porque uma palavra pode mudar tudo!
      Um beijo grande e muito GORDO
      http://thaissgalbiero.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Essas expressões são bem frequentes no nosso dia a dia e realmente, uma palavra pode mudar tudo, ela tem muito poder mesmo.

        Beijos!

        Excluir
    7. Muito bacana esse post, ajuda muito a gente se policiar.

      Beijos
      http://www.pimentadeacucar.com

      ResponderExcluir
    8. Ai fiquei até chocada com o significado por trás da palavra mulata!!
      Eu falo 'gordice' e não tinha percebido essa palavra por esse lado sabe? Nossa, agora vou me policiar pra não falar mais...
      Fiquei me sentindo culpada agora ai ai :(

      https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pesado o significado, né? Eu também já usei essa expressão e não se sinta culpada, agora tu entendeu esse lado e como tu disse, vai se policiar. Não fica assim não! =)

        Beijos!

        Excluir
    9. Não gosto quando falam que meu cabelo não é bom só por não ser liso e nem enrolado. Eu não sabia sobre essa questão de mulata. Gostei de aprender mais nesse post! ♥
      Beijos, Aline
      Verso Aleatório

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Nem eu, Aline! Fico feliz que tenha gostado e de ter entendido o significado. Obrigada! <3

        Beijos!

        Excluir
    10. Oi Amanda

      as outras ok... mas acredita que eu nunca pensei em gordice como algo ofensivo? pior que sou gorda e nunca tinha parado pra pensar D:
      ainda bem que blogs amorzinho nos alertam sobre essas coisas que a gente tá fazendo sem perceber <3

      beijo
      www.beinghellz.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Hellz! Eu também não pensava até um tempinho atrás, mas a gente começa a ligar os pontos e tudo faz sentido, né? Ai, que amor. Espero que tenha gostado e obrigada! <3

        Beijos!

        Excluir
    11. Preciso urgentemente parar de falar gordices. Juro, eu tento. Mas é que quando associo comidas que engordam, não consigo pensar em outra coisa a não ser falar gordices. Sei que é errado, e sempre que falo fico me xingando depois, mas é difícil. Mulata, sei que as pessoas não gostam e se ofendem, mas acho um termo bonito para a pele afro, pior mesmo é falarem café com leite.
      Beijos,
      Blog Gaby Dahmer

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Não é fácil mesmo quando a gente tá acostumado a falar aquilo, mas pelo menos tu sabe o significado e se xinga depois. Tu consegue, Gaby! Nem me fala, café com leite é uó.

        Beijos!

        Excluir
    12. Post importantíssimo. Existem diversas expressões e palavras que não devem ser usadas e as pessoas continuam insistindo. Eu fico muito irritada quando dizem que é "politicamente correto". Se tratar os outros com respeito é ser politicamente correto, então, que mal tem nisso?
      Aqui em Santa Catarina, na universidade Federal, rolou uma polêmica enorme num dos cursos recentemente. A professora foi racista e pediu para as pessoas fazerem analogias ao cabelo afro de um dos alunos, e chamou o cabelo dele de "bombril". Infelizmente, que eu saiba, não aconteceu nada com ela.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Arrasou! Faço das tuas palavras as minhas, Ana. Não sabia desse caso e que triste tudo isso, triste saber que não aconteceu nada com ela também. Espero que tenha gostado e muito obrigada! <3

        Beijos!

        Excluir
    13. Ás vezes a gente não percebe que a origem das expressões que usamos tem um significado e um peso absurdo sobre quem a ouve. Talvez não faça tanta diferença para quem fala, mas é possível identificar o problema de perpetuar algumas coisas.

      Parabéns pelo post.
      vidaemserie.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Bem isso, Kamylla! Disse tudo. Eu que agradeço pelas tuas palavras, muito obrigada! =)

        Beijos!

        Excluir
    14. Concordo totalmente querida! Apesar de cá em Portugal não se usar muito estas expressões, existem outras parecidas que também não são de todo inocentes. É preciso parar para pensar e deixar de as usar! Amei o post. <3
      Beijos, The Fancy Cats

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Só imagino, Adri! Precisamos pensar bem antes de falar. Que bom gostou, muito obrigada! <3

        Beijos!

        Excluir
    15. Eu já falei muito gordice, às vezes a gente fala sem perceber que está usando uma linguagem depreciativa. Ótimo post!

      Beijos,
      Pri
      www.vintagepri.com.br

      ResponderExcluir
    16. Que poste maravilhoso.
      Ótimo assunto e dicas.
      Beijos.
      http://vinteedoisdemaio.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    17. Isso de chamar a outra de vadia, piranha, vaca e etc com o real sentido, foi só na minha adolescência mesmo. Porque agora falo na brincadeira para as minhas amigas, mas sobre garotas que não conheço, quem elas beijam ou deixam de beijar, é problema total delas, não meu. Nossa, eu falo muito gordice quando to querendo comer algo que é muito gostoso, não falo nem "besteira" porque nenhuma alimento é besteira né? Digo coisas que são gostosas e que não podemos comer em excesso, mas são tão boas que dá vontade de comer pra sempre, sabe? Hahahaha! Então, falo muito "Ai to com fome" aí minha mãe fala "Tem arroz e feijão" aí eu falo "Não, mãe! Quero comer gordice" hahaha! Preciso parar. Vou trocar o "gordice" por "gostosa". Acho a expressão mulata meio esquisita, nunca usei e nunca vou usar (ainda mais sabendo desse significado). Quando quero me referir à uma pessoa negra, falo negra ou morena mesmo. Adorei o post! Quero saber de mais.
      Beijos!

      www.likeparadise.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Te entendo, Thami! Eu já usei algumas vezes também, mas hoje em dia não uso mais, cada um tem a sua vida, cada um beija quem quer e é isso aí, não temos que julgar. Gostei do "gostosa", hahahaha. Não temos que usar mesmo e morena é a mesma coisa, ao meu ver. Fico muito feliz que tenha gostado e eu que agradeço pelo comentário! Pode deixar. <3

        Beijos!

        Excluir
    18. PALMAS DE PÉ PARA O SEU POST <3
      Nossa, depois que a gente aprende tudo isso acaba ficando estressante ouvir essas expressões todo dia, né? Uma coisa que excluí completamente do meu vocabulário foi "puta que pariu" e "filha da puta", porque é que nem você disse, esse tipo de coisa só enfraquece as manas.
      Gordofobia é um troço que me dá nos nervos, principalmente depois que passei a seguir a Tá, Querida e a Alexandrismos, que me abriram a mente pra muitas questões.
      Mana, se eu que tenho o cabelo volumoso, porém liso, já sofri horrores na infância, imagino o que passaram/passam as pessoas de cabelo crespo/cacheado. Mais amor, por favor <3
      E mulata, nossa, fiquei chocada quando descobri o significado. Parei de usar na hora. Confesso que ainda estou me desvencilhando da expressão "morena", porque certas pessoas ainda acham preconceituoso falar que é negro. Um exemplo muito claro de como o racismo e colorismo afetam a sociedade. Sei que não tenho lugar de fala nesse assunto, mas procuro fazer o que posso, porque não é fácil pra ninguém, então o quanto mais luz a gente puder ser, melhor.
      Beijos!

      claramenteinsana.com

      PS: Já tô curiosa pra ver o resumo de outubro <3

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. DU, SUA MARAVILHOSA! <3
        Sim! Quando a gente entende o significado dessas expressões e escuta elas a gente fica meio ?????. Essas são outras expressões super preconceituosas também, bem lembrado. É complicado ter que lidar com comentários preconceituosos em relação ao cabelo ser muito volumoso ou seja lá o que for, foda. Te entendo, Du! Por mais pessoas assim como você. Opa, já postei! <3

        Beijão!

        Excluir
    19. Post maravilhoso. Muitas expressões preconceituosas eu consegui tirar do meu vocabulário e quando solto fico me sentindo mal pra caramba, é um caminho com uma pernada difícil mas que pode sim ser alcançada e é isso que eu espero conseguir hahah Essa de cabelo de bombril acho que muita gente já passou né? Inclusive depois de ser demitida contei um pouquinho do que aconteceu comigo lá, como era um salão de beleza o único padrão bom era o cabelo chapado e muito bem alinhado mas o meu cabelo nunca foi desses. Uma sessão de "elogios" desagradáveis todos os dias mas seguimos em frente, ainda bem. beijo!

      Ray e os Dezoito

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu também, Ray! Eu li o teu post e é foda tudo isso. As pessoas não tem noção de que esses comentários além de serem preconceituosos, podem afetar a nossa autoestima, né? Fico feliz que tenha gostado e muito obrigada! <3

        Beijão!

        Excluir
    20. Amanda, meu amor! Saudade de tu. Cara, tu não tem noção do quão feliz eu fiquei ao entrar no seu blog e ver todo o seu crescimento, amadurecimento e, principalmente, a forma como você fala do feminismo, mana!
      Adorei a postagem e concordo totalmente. Nós crescemos utilizando frases preconceituosas sem ao menos nos darmos conta, e é hora de mudarmos isso. Às vezes, usamos tais frases ainda hoje, e nem percebemos. Isso é triste.
      Apaixonada pelo teu blog! ♥ Aliás, precisamos conversar mais vezes.

      Um beijo, Toca do Coelho

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Lau, sua linda! Muitas saudades mesmo. Fiquei muito feliz quando li o teu comentário e é muito bom te ter de volta. É hora de mudar isso mesmo, mana! Muito obrigada por tanta doçura. <3

        Beijos!

        Excluir
    21. Menina, eu não fazia ideia que mulata tinha esse teor tão pesado. eu ando me vigiando muito pra não falar coisas assim. Porque as vezes não é nem bem o que a gente quer dizer, mas crescemos ouvindo tudo isso e acabamos ficando com aquilo na cabeça.

      Vidas em Preto e Branco

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. É bem pesado mesmo, Lary! Sim, isso acontece muito mesmo :/

        Beijos!

        Excluir
    22. Concordo! apesar de cá em Portugal não se usar tanto essas expressões, mas usam-se outras que também não interessam nada.
      Um beijinho,
      http://myheartaintabrain.blogspot.pt/

      ResponderExcluir
    23. Nossa, eu senti o tapa! Uso algumas e vou parar também. Nunca tinha pensado por esse lado. Ótimo post!
      beijos,
      www.marinaalessandra.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Sentiu o impacto, hahahaha. Que bom que gostou, Mari! Muito obrigada. <3

        Beijão!

        Excluir
    24. Verdade, tem coisas que saem e a gente nem repara né...muito bom post viu, bem explicado. Prestar mais atenção agora.
      ;)
      Bjim...
      >>blog Usei Hoje<<
      > Instagram<

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pior que é! Fico feliz com isso e espero realmente ter ajudado. Obrigada! =)

        Beijos!

        Excluir

    © Quebrar o Silêncio - 2016 | Todos os direitos reservados.
    Desenvolvimento por: Fairy Dream Design | Tecnologia do Blogger.
    imagem-logo